5 de mar de 2011



O que sinto por ti


Faz me tentar escrever
O quanto te quero ter,
O quanto te quero tocar,
O quanto te quero beijar
Ou mesmo apenas te olhar.  


Nasceu do nada
Tornou se o tudo para mim,
Vivo numa realidade cansada
E sem fim...
Quando contigo estou
minha tristeza parece ter um fim.


Fazes me cantar
Por tanto te amar
e Tentar descrever
O indescritível
mas tenho que te dizer
Não te amar IMPOSSÍVEL.


Sinto o amor em cada batimento
Do meu coração
És o meu contentamento

Minha paixão…


És aquele capaz de me magoar,
De me fazer chorar,
Mas me magoa mais a tua ausência
Pois és a minha essência


Para ti razão do meu viver
Preciso dizer que
És o meu deitar,
o meu despertar,
o meu pensamento,
meu coraçao esta contigo
todo o tempo.
(Lu Lopez)

Nenhum comentário:

Postar um comentário