5 de mar de 2011


Meu amor...

para que amar?!
o amor nunca me valeu a pena,
no começo são só expectativas
e depois em uma dor sem fim
ele me condena.
vejo-o como um sentimento intrometido,
que surge sem nossa permissão
e nas piores horas possiveis
e por pessoas inatingiveis.

O amor traz a esperança
para os corações sofredores
para que depois ele possa sangrar
mais e mais...
e assim se afogar na dor
que parece não cessar jamais.
Ele nos faz desligar da vida
e da propria realidade.
Nos deixa cegos e vulneráveis.

E assim todos sofrem,
quando em teu coraçao 
ele quizer fazer morada,
mas mesmo sangrando,
morrendo por dentro,
não conheço nenhum ser 
que não dê espaço pra ele crescer
na esperança que chegue a um fim
o sofrimento de todo teu ser.

(Lu Lopez)

WHERE THE WILD ROSES CROW - Nick Cave & Kylie Minogue


Traduçao: (Onde as rosas silvestres crescem)

Eles me chamam de A Rosa Silvestre
Mas meu nome é Elisa Day
Porque me chamam assim eu não sei
Pois meu nome é Elisa Day

Do primeiro dia que eu a vi eu sabia que era ela
Ela fixava o olhar em meus olhos e sorria
Pois seus lábios eram da cor das rosas
Que cresciam junto ao rio, sangrentas e selvagens

Quando ele bateu na minha porta e entrou no quarto
Minha tremedeira parou em seu abraço seguro
Ele seria meu 1º homem e com mão cuidadosa
Ele enxugou as lágrimas que corriam pelo meu rosto


No segundo dia eu levei a ela uma flor
Ela era mais bela que qq mulher que já havia visto
Eu disse: "Vc sabe onde as rosas silvestres crescem
doces, escarlates e livres?"

No segundo dia ele veio com uma rosa
Disse:"Você me daria sua tristesa e dor?"
Eu assenti enquanto deitava na cama
Ele disse:"Se eu lhe mostras as rosas vc me seguirá?"


No terceiro dia ele me levou ao rio
Mostrou-me as rosas e me beijou
A última coisa que ouvi foi um sussurro
E ele acima de mim com uma pedra em punho

No último dia levei onde as rosas selvagens crescem
Ela deitou na margem, o vento sutil como um ladrão
A beijei ,disse"Toda beleza deve morrer."
Abaixei-me e coloquei uma rosa entre seus dentes.


O que sinto por ti


Faz me tentar escrever
O quanto te quero ter,
O quanto te quero tocar,
O quanto te quero beijar
Ou mesmo apenas te olhar.  


Nasceu do nada
Tornou se o tudo para mim,
Vivo numa realidade cansada
E sem fim...
Quando contigo estou
minha tristeza parece ter um fim.


Fazes me cantar
Por tanto te amar
e Tentar descrever
O indescritível
mas tenho que te dizer
Não te amar IMPOSSÍVEL.


Sinto o amor em cada batimento
Do meu coração
És o meu contentamento

Minha paixão…


És aquele capaz de me magoar,
De me fazer chorar,
Mas me magoa mais a tua ausência
Pois és a minha essência


Para ti razão do meu viver
Preciso dizer que
És o meu deitar,
o meu despertar,
o meu pensamento,
meu coraçao esta contigo
todo o tempo.
(Lu Lopez)

4 de mar de 2011




A lua e você


O luar desta noite
me fez lembrar de voce,
voce que sempre esta comigo
mesmo estando longe.
Na completa escuridão,
que antes me fazia sentir sozinha
trouxe memorias de você
que me comfortam
e tocam minha alma.
Derrepente sentimentos confusos
dominam meu ser,
tenho medo de amar você
pois o amor nunca me fez bem
mas ao mesmo tempo
me sinto pronta
pra arriscar outra vez.
Apenas com meu pensamento
posso te sentir,
como o vento que entra
pela janela
nessa noite fria e escura
que me fez lembrar de você.
(Lu Lopez)

Arrependida...

De ter perdido talvez
nossa unica chance
quando ainda estavamos juntos,
de não ter dito o que sentia,
de não ter agido como eu queria,
de pensar demais antes de fazer.
Arrependida...
de não ter tocado tuas mãos,
de me entregar sempre a razão
de não te olhar como eu devia.
Mas talvez um dia isso mude
e eu possa agir enfim
como meu coração mandar
e como magica me entregar
ao sentimendo que voce
simplesmente fez em mim nascer.
(Lu Lopez)

A dor

parece as vezes,ter fim,
mas ela sempre retorna,
pois é a unica coisa
pura,que existe em mim.
No escuro me vejo,
sozinha a sofrer
por algo que sei
que nunca vou ter.
começo a imaginar
como seria sem essa infinata dor
mas é melhor do que não ter
abtada em minha alma
ao menos o rancor.
sonhos em um horizonte distante,
totalmente fora de alcance,
meu olhos já não podem ver você.
matei meu sentimento
antes que ele pudesse crecer,
melhor sofrer agora
do que pensar em como poderia ser.
(Lu Lopez)

Ao anoitecer

a escuridao e o frio chega até a mim
trazendo lembranças e dor,
a chuva escorre em minha janela
e uma face aparece entre as aguas
o frio toma conta de todo o meu ser
e me faz sentir sozinha
em um mundo que não me pertence.
Queria ter alguem comigo
para que possa me protejer
da estranha face na janela
que me olha sem cessar,
ela sabe que estou sozinha,
sabe de tudo oq sinto...
quando a noite fria e chuvossa
cai sobre mim.
Em meu peito sentimentos se confundem
tristeza e solidão se tornam uma só
nessa noite fria e escura
que em mim nunca tem fim.
(Lu Lopez)